Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

asimplesvidadejoaorapaz

É o João que é um rapaz que tem uma vida simples.

04
Dez12

Tempo de viver...

asimplesvidadejoaorapaz

esta aparente forma tranquila e calma de encarar as coisas não nasceu comigo... aliás, nem existe... quem me conhece sabe que eu vou tentando, mas só tento... mas que outra forma teria eu de encarar a vida senão esta?? o fingir não perceber, o condescender, o tolerar, o virar as costas e aguardar... o saborear a tempo e dentro do tempo e ficar... o perseguir as coisas mais simples em vez dos jogos e das batotas e dos azares... foram anos demais a chapar de frente contra as contrariedades, as vontades imediatas, os riscos e os vícios das almas, o tempo que nunca jogava a meu favor... os amores que orgulhosamente combatia... o aqui e agora ou o nunca... e lembro-me dos erros... e de pessoas do iníco da minha jornada... do tempo em que eu tentava viver... tentava ser... sem deixar espaço a que o próprio tempo ditasse o que viver e o que ser... já está tão longínquo... já nem sequer quase que faz parte do início da caminhada... alturas em que sofria mesmo, e vivia mesmo, porque não sabia outras formas... só as que via nos filmes e queria para mim... um dia estava com os meus pais e irmã a jantar, e na mesa ao lado estava um casal... e eu quis tanto aquela vida para mim... estar assim na cumplicidade... ser eu e partilhá-lo com o meu amor... era tão ingénuo... estava tão no início, que nem sei como me fui agora me lembrar... restaurante girassol talvez... em Sarilhos, algures entre Lisboa e Montijo nos tempos da nacional... as velhas rotinas... o sair do campo quase profundo e dar de caras com a cidade... e logo ali a ter de saber ser agricultor agora e doutor logo a seguir... a tratar os velhotes todos por tios e tias e logo a seguir por senhor e senhora... passar o verão de cuecas e andar sempre a banhos, fazia-se tudo ao mesmo tempo eramos senhores dos nossos mundos... e logo a seguir piscinas da Av. de Roma, todo atrapalhado... usar fato de banho e toca e chinelos, e entrar por aqui e molhar primeiro e ir por além e não saber o que fazer, e parecia que todos olhavam para mim... ser criança... eu sei que todos deixamos um dia de o ser... eu sei que é hora dos mais novos... viverem... mas de lá para cá existe um tanto, um tempo, que já não volta... quando todos os dias tentávamos viver sem saber como... 

 

http://www.youtube.com/watch?v=dbckIuT_YDc

 

 

12
Out10

Pequena e parcial teoria sobre o que Homens e Mulheres querem...

asimplesvidadejoaorapaz

No amor, as grandes diferenças entre Homens e Mulheres, gajos e gajas,  rapazes e raparigas, começam essencialmente na questão do que querem, precisam ou procuram... O Homem quer ser salvo!! O gajo que é um bom vivant, matador, playboy, quer que lhe apareça aquela tal especial que com todas as suas qualidades e amor o salve da vida devassa que leva e que lhe custa muito... que no meio de tanta (aparente ou não) futilidade, promiscuidade, loucura, consiga ver nele as suas verdadeiras qualidades (será que existem??) e que o salve direito ao altar e depois à mesa da cozinha repleta de iguarias por ela cozinhadas, e depois ao cadeirão da sala e respectivo jornal para ler... assim num golpe de mágica que aceite os seus defeitos e se apoie nas suas virtudes... salvo por amor!!! Assim como o bêbado que deixou de beber porque aquela mulher, a sua mulher o salvou da bebida por amor... e o que ela sofreu!! Mais que mulher é uma santa!! salvo por amor!! E o jogador compulsivo que arrebenta com todas e quaisquer economias... se não fosse aquela santa senhora que o salvou... por amor!!! E o tímido introspectivo, completamente inadaptado, deprimido e com tendências suicidas, um dia apareceu ela e fez-se luz!! Salvo por amor!!! E por aí fora... quantas vezes já não vimos e ouvimos nós nesses programas dos Gouchas e Fátimas e Júlias a história do desgraçado que se não fosse a sua santa mulher, que até lhe é mais que mulher é também mãe, que o salvou da maior desgraça anunciada.... por amor!!! Mas exactamente do outro lado está a mulher... a mulher salva o homem porque viu nele aquilo que ninguém viu... aquele olhar que só ela percebeu que ainda lá morava alguém. morava esperança, morava... amor para retribuir... e ela deixa-se arrebatar por esse olhar... no desespero daquele homem fragilizado, ou mau, ou sem carácter... está alguém que a irá arrebatar com a sua história de vida e com todo aquele amor guardado e espezinhado pronto a saltar cá para fora e a faze-la sentir-se amada... Mas se nem todas as mulheres procuram salvar alguém (pelo menos sem se aperceberem) todas procuram o mesmo... desejam ser arrebatadas!!! Para a mulher quando está bem, bem podia estar melhor... quando as coisas correm mais ou menos é hora de começar a fazer contas de cabeça (e de coração??) à procura de melhores alternativas... minto!! Da melhor alternativa de todas!!! A mulher quer ser arrebatada!!! Não lhe interessa viver a meio gás (só se tiver mesmo de ser...), mas viver no máximo com aquele verdadeiro Homem que mexe com ela, que a arrebata e a faz sentir viva... que a faz sentir a verdadeira Mulher que ela sabe que é!!! Ora a mulher quer ser arrebatada!!!

Vejamos o caso das separações (tenho visto algumas de perto ultimamente): Tudo era lindo tudo era belo, juras de amor e sexo com farturinha e bonzinho, mas... o tempo passa o pessoal casa... o Homem quer espaço, quer ir beber uma cerveja ao café, quer ir jogar à bola às terças e quintas, quer ir jogar poker, até quer ir à night uma vez por mês com os amigos, ou então não quer nada... quer ficar no sofá a ver televisão e que não lhe fodam o juízo... mas para ele está tudo bem, mesmo que esteja tudo uma merda... se ela uma vez lhe fez uma loucura por amor isso é a prova provada do seu amor por ele, ou se casou com ele (loucura sem dúvida), é porque o ama e está tudo bem mesmo que isso tenha sido à 10 anos... para ele ela está garantida, independentemente das discussões, do desinteresse aparente, parece que para o Homem as coisas nunca estão assim tão más, e se estão há sempre volta a dar ao texto... Não é de admirar então que quando elas os abandonam, eles a princípio acham que tudo se resolverá com um "amo-te!" ou umas flores, ou atirando-se para os pés dela a suplicar... mas já não dá... já foste amigo!!! Enquanto andaste na tua vidinha, ela emagreceu e tá toda boa, conheceu novas pessoas, restabeleceu contacto com antigas paixões, e está a preparar-se para dar o salto enquanto andas a ver televisão no sofá e a dar pontapés na bola às vezes... Tu vais tendo o tempo para não te aborreceres... ela com esse mesmo tempo vai encontrando alternativas ao aborrecimento em que te tornaste para ela... Hoje diz-te que já não sente o que sentia por ti, daqui a três meses quer ir viver para Inglaterra com a paixão da adolescência e vai-te levar a filha... Tu a amavas, mas não lhe dizias... ela sabia, mas precisava de ouvir... agora que lhe queres dizer que ainda a amas ela já não quer ouvir, porque já ouve alguém o dizer por ti e de uma forma totalmente ARREBATADORA!!!

E muitos mais exemplos poderiamos dar... mas acho que o início de todas as diferenças começa exactamente no que querem, que por sua vez vai influenciar o seu comportamento, que por sua vez vinca cada vez mais a diferença do que querem... O Homem com um estilo de vida mais errante (e errado???) à procura ou à espera da mulher que o salve por amor!!! A mulher com uma vida mais linear e programada, à espera que estremeçam o seu mundo e a arrebatam de amor e paixão!!

Para a próxima falarei das diferenças entre Homens e Mulheres quando se trata de sexo... aqui também diferentes, mas já não tanto...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub