Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

asimplesvidadejoaorapaz

É o João que é um rapaz que tem uma vida simples.

31
Jan17

dança e não só...

asimplesvidadejoaorapaz

até aos meus ouvidos soa a heresia, mas ainda hoje vou tomando consciência do quanto te amei, do quanto te amo... é proibido... mais do que o viver, dizê-lo... recordá-lo... sendo cículos ou círculos viciosos, entre o partir e o voltar há sempre lugar para ti... nunca há lugar para ti mas estás sempre presente... se tudo ficou para trás, se as coisas que foram, são aquelas que sabemos, porque é que as coisas novas te trazem de volta??? São as coisas que me fazem sentir... sentir o que sinto por ti... independentemente de tudo, das voltas que o mundo dê, das pessoas que conheçamos, dos filhos que criemos, da(s) família(s) que edifiquemos... E eu quase que aposto que nunca te disse que te amo... não interessa o que se sabe ou o que se subentende... ou até e agora o que se escreve... porque dizê-lo seria pôr em causa os planos as regras e a vida... se o dissesse não poderia voltar atrás, não te poderia dar o espaço para me deixares... e se nunca o disse e se nunca o ouviste, quem sou eu para o escrever agora??? sem dúvida uma grande heresia... há coisas que não se dizem... desculpa, mas se te pudesse dizer que te amo diria...

 

 

07
Mai13

unfair life(s), love songs, milkshakes and kisses...

asimplesvidadejoaorapaz

é muito injusto a vida não ser própriamente justa...

 

dizem que os Homens não choram nas canções de amor... eu choro... pouco, mas choro... nas canções de amor também... menos, mas choro... e também sofro... não muito, o necessário... também magou-me e magoam-me... menos, mas também... pequenas dores que temos e que nem sabemos as origens... ou sabemos e nem ligamos... ou sabemos e não queremos saber... para as coisas grandes estamos sempre preparados e de punhos cerrados... para as pequenas... deixamos andar...

 

http://www.youtube.com/watch?v=ErFGGccIfkc

 

http://www.youtube.com/watch?v=7-dy6oe0_90

 

http://www.youtube.com/watch?v=hxayzsqQPTU

 

http://www.youtube.com/watch?v=lEkJoMNFPEA

 

geralmente chego aqui sem nada para dizer e escrevo... e quando eu quero dizer coisas, muitas coisas... aquelas coisas... tantas coisas... 1001 coisas... eu sei que sabes quais são...

 

http://www.youtube.com/watch?v=KQqzIWcJC0E

 

at the end just Kiss... Keep It Simple and Stupid...

 

 

 

 

19
Abr13

dancing with my girl...

asimplesvidadejoaorapaz

a minha vida obriga-me a endurecer, dividir, compartimentar... a minha natureza permite-me viver isolado nas coisas mais minhas e em sociedade em tudo o resto... não é fácil, nem para mim... mas o hábito, a necessidade, a vontade, o amor também, faz de mim necessáriamente feliz, com imensa vontade de continuar, de construir, de viver.... as mágoas... existem... tinham e têm sempre de existir... o caminho alinhavado não retira nem o brilho no olhar nem o sorriso do rosto... e se muitas das vezes me entretanho a sonhar, e até a sonhar cheguei até aqui, não posso eternamente seguir ou desejar sonhar... é assim, também dói, mas também faz parte... doiria muito mais se não doesse... é só dançar com a minha miúda e tudo faz novamente sentido...

 

http://www.youtube.com/watch?v=9kp3N3wQPO0

20
Mar13

I Just Know

asimplesvidadejoaorapaz

Ontem falei... e dei pela amargura, pelo desencanto... não que eu ache triste ou seja triste... não que me ache falhado ou longe do sucesso... antes pelo contrário, haverá alguém mais fiel a si próprio, ao que acredita, tão irredutível, tão casmurro, tão ciente da diferença e da consciência e da dor e das coisas... desencantado, não triste, desencantado porque não se recupera a inocência perdida... eu não posso acreditar no brilho das coisas que não brilham assim tanto... as estrelas morrem por mais anos que vivam e ardam... e como a estrela que no fim explode, o brilho não esmorece, apenas desaparece nu assomo, sem dar lugar a mais nada, apenas vazio... eu percebo que possa parecer revoltado, ou frio, ou não estando bem... apenas não brilha, e nada no seu lugar... apenas vazio... e se em vocês existe, tanto melhor... eu simplesmente sei que estão enganados, ou pelo menos irão estar enganados... mas se vocês e eu no passado não fossemos ao engano, o que seria disto tudo da vida...

 

esta música é tão bonita, tão triste... quase perfeita, só falha na resta de esperança que ainda lhe... resta...

 

http://www.youtube.com/watch?v=EPnxB143JdM

 

 

agora, quem disse que eu preciso de ser salvo?? que irritação!! mas quem disse que eu acredito?? só porque sorrio?? só porque sou mais vezes feliz que triste?? mas quem disse que eu preciso do mesmo que a maioria das pessoas, mas quem disse que eu preciso de carinho, mas quem disse que eu preciso de atenção... mas quem disse que tenho de ter os como e os porquês... mas quem disse que eu sou o que queriam que eu fosse... eu sou exactamente o contrário... e se o meu comportamento não adivinha a minha forma de acreditar, é um problema de quem acha... e irão continuar a achar e irão acabar por nunca encontrar... pois portanto tentem lá dissecar o animal João, autópsiem o animal à vontade... ridículo!!

Depois, o saber... perante o fim do viver, resta o saber... quem disse... quem disse que interrogarmo-nos faz parte... quem disse que os ciclos têm de ser ciclicos e redondos e bonitos... podem perfeitamente ser um aglomerado de cenas, um castelo de cartas desfeito, ou um inumerado de gatafunhos...

 

http://www.youtube.com/watch?v=iUHjDJxkcSE

 

no outro dia estava um cabrão  a "assoprar" no rádio e "1 2 experiência",  e só me apeteceu "Vai soprar no caralho óh filha da puta!!" e não dizer diz tanto de mim como se por acaso tivesse dito... é só uma questão de enquadramento... eu sei que não parece mas diz... no meu caso diz...

 

Amor e beijinhos para todos!!! :)

 

PS: eu até fico parvo de tão Rei deles que eu sou... óh pra mim a gingar ao som da sad song ;)

 

http://www.youtube.com/watch?v=0_tgTib2Jio

 

 

 

14
Mar13

Orgulho Imenso

asimplesvidadejoaorapaz

Hoje, fui com a minha filha fazer uma cena... ia apreensivo, como é que ela pequena e sensível iria reagir... estou orgulhoso, imensamente orgulhoso, abismado até... como é possível uma criança que nem 3 anos têm, ter uma capacidade de entender a realidade, aceitar a dor, e agir e reagir de forma... da forma dela ser! Os miúdos têm tendência a nos surpreender com a sua invulgar inteligência, não é só a minha, a maioria demonstram desde cedo capacidades cognitivas surpreendentes, mas o que hoje vi a minha filha fazer, é superior, é imenso, é ser adulto no corpo de uma menina pequenina... é mais, é ter personalidade, capacidade, conhecimento, interacção social, entendimento, capacidade de sacrifício... sei lá, quem dera a muitos adultos... e se por vezes (poucas) nos questionamos se somos rigídos ou permisivos demais... hoje a minha filha mostrou-me que eu tenho que seguir o meu caminho enquanto pai, e mais, ser ainda melhor, porque ela enquanto pequena mulher é irrepreensível!! Deus lhe dê saúde e sorte, que ela fará o resto!!

 

http://www.youtube.com/watch?v=IaQxeC9kJeg

 

http://www.youtube.com/watch?v=435yGWxqo68

04
Dez12

Tempo de viver...

asimplesvidadejoaorapaz

esta aparente forma tranquila e calma de encarar as coisas não nasceu comigo... aliás, nem existe... quem me conhece sabe que eu vou tentando, mas só tento... mas que outra forma teria eu de encarar a vida senão esta?? o fingir não perceber, o condescender, o tolerar, o virar as costas e aguardar... o saborear a tempo e dentro do tempo e ficar... o perseguir as coisas mais simples em vez dos jogos e das batotas e dos azares... foram anos demais a chapar de frente contra as contrariedades, as vontades imediatas, os riscos e os vícios das almas, o tempo que nunca jogava a meu favor... os amores que orgulhosamente combatia... o aqui e agora ou o nunca... e lembro-me dos erros... e de pessoas do iníco da minha jornada... do tempo em que eu tentava viver... tentava ser... sem deixar espaço a que o próprio tempo ditasse o que viver e o que ser... já está tão longínquo... já nem sequer quase que faz parte do início da caminhada... alturas em que sofria mesmo, e vivia mesmo, porque não sabia outras formas... só as que via nos filmes e queria para mim... um dia estava com os meus pais e irmã a jantar, e na mesa ao lado estava um casal... e eu quis tanto aquela vida para mim... estar assim na cumplicidade... ser eu e partilhá-lo com o meu amor... era tão ingénuo... estava tão no início, que nem sei como me fui agora me lembrar... restaurante girassol talvez... em Sarilhos, algures entre Lisboa e Montijo nos tempos da nacional... as velhas rotinas... o sair do campo quase profundo e dar de caras com a cidade... e logo ali a ter de saber ser agricultor agora e doutor logo a seguir... a tratar os velhotes todos por tios e tias e logo a seguir por senhor e senhora... passar o verão de cuecas e andar sempre a banhos, fazia-se tudo ao mesmo tempo eramos senhores dos nossos mundos... e logo a seguir piscinas da Av. de Roma, todo atrapalhado... usar fato de banho e toca e chinelos, e entrar por aqui e molhar primeiro e ir por além e não saber o que fazer, e parecia que todos olhavam para mim... ser criança... eu sei que todos deixamos um dia de o ser... eu sei que é hora dos mais novos... viverem... mas de lá para cá existe um tanto, um tempo, que já não volta... quando todos os dias tentávamos viver sem saber como... 

 

http://www.youtube.com/watch?v=dbckIuT_YDc

 

 

12
Out10

Pequena e parcial teoria sobre o que Homens e Mulheres querem...

asimplesvidadejoaorapaz

No amor, as grandes diferenças entre Homens e Mulheres, gajos e gajas,  rapazes e raparigas, começam essencialmente na questão do que querem, precisam ou procuram... O Homem quer ser salvo!! O gajo que é um bom vivant, matador, playboy, quer que lhe apareça aquela tal especial que com todas as suas qualidades e amor o salve da vida devassa que leva e que lhe custa muito... que no meio de tanta (aparente ou não) futilidade, promiscuidade, loucura, consiga ver nele as suas verdadeiras qualidades (será que existem??) e que o salve direito ao altar e depois à mesa da cozinha repleta de iguarias por ela cozinhadas, e depois ao cadeirão da sala e respectivo jornal para ler... assim num golpe de mágica que aceite os seus defeitos e se apoie nas suas virtudes... salvo por amor!!! Assim como o bêbado que deixou de beber porque aquela mulher, a sua mulher o salvou da bebida por amor... e o que ela sofreu!! Mais que mulher é uma santa!! salvo por amor!! E o jogador compulsivo que arrebenta com todas e quaisquer economias... se não fosse aquela santa senhora que o salvou... por amor!!! E o tímido introspectivo, completamente inadaptado, deprimido e com tendências suicidas, um dia apareceu ela e fez-se luz!! Salvo por amor!!! E por aí fora... quantas vezes já não vimos e ouvimos nós nesses programas dos Gouchas e Fátimas e Júlias a história do desgraçado que se não fosse a sua santa mulher, que até lhe é mais que mulher é também mãe, que o salvou da maior desgraça anunciada.... por amor!!! Mas exactamente do outro lado está a mulher... a mulher salva o homem porque viu nele aquilo que ninguém viu... aquele olhar que só ela percebeu que ainda lá morava alguém. morava esperança, morava... amor para retribuir... e ela deixa-se arrebatar por esse olhar... no desespero daquele homem fragilizado, ou mau, ou sem carácter... está alguém que a irá arrebatar com a sua história de vida e com todo aquele amor guardado e espezinhado pronto a saltar cá para fora e a faze-la sentir-se amada... Mas se nem todas as mulheres procuram salvar alguém (pelo menos sem se aperceberem) todas procuram o mesmo... desejam ser arrebatadas!!! Para a mulher quando está bem, bem podia estar melhor... quando as coisas correm mais ou menos é hora de começar a fazer contas de cabeça (e de coração??) à procura de melhores alternativas... minto!! Da melhor alternativa de todas!!! A mulher quer ser arrebatada!!! Não lhe interessa viver a meio gás (só se tiver mesmo de ser...), mas viver no máximo com aquele verdadeiro Homem que mexe com ela, que a arrebata e a faz sentir viva... que a faz sentir a verdadeira Mulher que ela sabe que é!!! Ora a mulher quer ser arrebatada!!!

Vejamos o caso das separações (tenho visto algumas de perto ultimamente): Tudo era lindo tudo era belo, juras de amor e sexo com farturinha e bonzinho, mas... o tempo passa o pessoal casa... o Homem quer espaço, quer ir beber uma cerveja ao café, quer ir jogar à bola às terças e quintas, quer ir jogar poker, até quer ir à night uma vez por mês com os amigos, ou então não quer nada... quer ficar no sofá a ver televisão e que não lhe fodam o juízo... mas para ele está tudo bem, mesmo que esteja tudo uma merda... se ela uma vez lhe fez uma loucura por amor isso é a prova provada do seu amor por ele, ou se casou com ele (loucura sem dúvida), é porque o ama e está tudo bem mesmo que isso tenha sido à 10 anos... para ele ela está garantida, independentemente das discussões, do desinteresse aparente, parece que para o Homem as coisas nunca estão assim tão más, e se estão há sempre volta a dar ao texto... Não é de admirar então que quando elas os abandonam, eles a princípio acham que tudo se resolverá com um "amo-te!" ou umas flores, ou atirando-se para os pés dela a suplicar... mas já não dá... já foste amigo!!! Enquanto andaste na tua vidinha, ela emagreceu e tá toda boa, conheceu novas pessoas, restabeleceu contacto com antigas paixões, e está a preparar-se para dar o salto enquanto andas a ver televisão no sofá e a dar pontapés na bola às vezes... Tu vais tendo o tempo para não te aborreceres... ela com esse mesmo tempo vai encontrando alternativas ao aborrecimento em que te tornaste para ela... Hoje diz-te que já não sente o que sentia por ti, daqui a três meses quer ir viver para Inglaterra com a paixão da adolescência e vai-te levar a filha... Tu a amavas, mas não lhe dizias... ela sabia, mas precisava de ouvir... agora que lhe queres dizer que ainda a amas ela já não quer ouvir, porque já ouve alguém o dizer por ti e de uma forma totalmente ARREBATADORA!!!

E muitos mais exemplos poderiamos dar... mas acho que o início de todas as diferenças começa exactamente no que querem, que por sua vez vai influenciar o seu comportamento, que por sua vez vinca cada vez mais a diferença do que querem... O Homem com um estilo de vida mais errante (e errado???) à procura ou à espera da mulher que o salve por amor!!! A mulher com uma vida mais linear e programada, à espera que estremeçam o seu mundo e a arrebatam de amor e paixão!!

Para a próxima falarei das diferenças entre Homens e Mulheres quando se trata de sexo... aqui também diferentes, mas já não tanto...

24
Set10

Pobre simples vida!!!

asimplesvidadejoaorapaz

Hoje e cada vez mais de hoje em diante, valorizo quem se desliga do tradicionalmente correcto, do estudo provado cientificamente, das considerações dos DR. Phill de outras praças que entram em nossa casa como sendo da nossa... Faz-se paralelismos entro o que eu sinto e o que outro qualquer "eu" de outra sociedade sente... é errado!!!!  Eu sou Português. Latino, e bom malandro, e como tal o americano, o australiano ou o Filipino em nada tem a ver comigo em nada...

Hoje não é mais rico quem tem mais dinheiro, mas sim aquele que com o dinheiro que tem se sente pronto a viver um dia de cada vez...

Hoje não é o mais garanhão aquele que mais mulheres papou, mas sim aquele que em cada mulher da sua vida se sentiu único e fez sentir de igual forma...

Aquilo que nós pretendemos para a nossa vida (os tais planos) é o que nós pretendemos, ou é aquilo que achamos que os outros iriam achar que nós pretendemos???

Sabem porque vou sendo feliz???

Porque já vivi amores que me encheram tanto a alma que mesmo depois de acabarem eles perduram em mim... porque tenho uma família que amo e amarei sempre... porque tenho uma mulher e uma filha porreiras, dois carritos que gastam pouco, uma casita baril com um LCD na sala para ver as cenas, e um dinheirito para ir vivendo e trabalhando como até agora... porque nós vamos tendo saúde... porque tenho amigos e desamigos, mas sinto que as pessoas no geral gostam de mim... porque sou o amigão de alguém... porque ando na rua descansado... porque não quero mais do que o meu "eu" mais profundo necessita...

Porque é que o pessoal não vive assim simples????

Basta-me o passeio à praia com a família, a ida à pesca de vez em quando, a tarde deitado no sofá, um sorriso da minha filha, os jantares de aniversário de família e amigos, o sucesso relativo no trabalho, e mais uma ou duas loucuras para me manter sano... e sou Feliz!!!

13
Abr10

um dia escrevi isto:

asimplesvidadejoaorapaz

estava a dar uma volta pelos Blogs quando encontrei um "eu" alguém que não "eu" eu, e ler as algumas coisas desse "eu" fez-me lembrar um outro "eu" eu mas muito antigo... nos fins do século XX e primórdios do século XXI... resolvi a propósito de todos essa confusões de "eus" colocar aqui algo que eu escrevi há um par de anos, afinal as vidas de todos os eus davam um livro ou um filme, nem que seja para eles (nós) próprios...

 

olho para trás para os últimos 18 meses e... acho que foi realmente a última etapa do princípio da vida!!! Contamos mais coisa menos coisa 28 anos de intensa intensidade de vida, por vezes demasiado intensa, houve memórias que pura e simplesmente apaguei e outras vivências que ignorei, é muito mau depois constatar que o que para mim foram passagens para outros foram marcos na vida... tenhos segredos, tenho demasiados segredos, tenho meias verdades, demasiadas meias verdades, e mentiras também... tenho saudades de quem me indicou o caminho obrigado por todo o vosso amor e carinho!!
Tenho também muitas desculpas a pedir, mas não vai dar não posso tentar redimir com palavras doces os erros do passado e também de que serviria... já vão ter de viver comigo na memória...
Agora era de minha vontade escrever quem passou na minha vida e de uma forma ou de outra ficou por cá nem que seja em recordações, como eu gostava de chegar ao pé de "ti" e abraçar-te...
Há que arrumar o armário e deitar muita coisa fora, não sei por onde começar... talvez deitar fora estas imensas vidas duplas que fui construindo e misturando com a minha Vida aquela que me pertence, me preenche e que eu quero seguir...
Agradeço à família não podia pedir mais e melhor... agradeço ao meu amor por tudo, por ser simplesmente a mulher impressionante que é e por me fazer estar completamente apaixonado mesmo ao fim de tanto peso de vida, lembro-me como tivesse acabado de acontecer a primeira vez que te vi, que nos beijámos, que nos zangámos, e até da primeira vez que reparei no teu olhar de incerteza depois de todas as certezas... eu disse-te "isto vai ser muito complicado"... mas podia ter ficado por aqui e eu já não seria o menino mau que sou, esperemos que fui... fiz muita asneira, e fiz asneiras que não o foram, foram demasiado importantes para mim, essas sei perfeitamente quem são, podiam ter sido a minha vida mas não foram...
Não podia ir ao programa da Teresa Guilherme nem sequer poderia responder à primeira pergunta tenho demasiados fantasmas... que me vão perseguir para sempre, não faz mal estamos cá todos para prestar contas no fim!!
Todas as nossas vidas davam o livro, a minha já dava um livro lixado, eu ia gostar de o ler, pode ser que um dia o escreva para lhe pegar fogo a seguir... 
Milhares de músicas, milhares de filmes, milhares de livros, milhares de noites,milhões de desilusões, milhares de vitórias, milhares de conhecidos, milhões de olhares, milhares de beijos, dezenas de mulheres, dezenas de amigos, alguns amores, loucas paixões, sorrisos a montes, lágrimas também, muito por dizer, pouco por fazer (mas parece que ficou tudo por fazer) tanto e tão pouco e eu sou só um com só uma oportunidade...
O Simples é um monte de reticências, o Simples também faz parte, o Simples também já me deu respostas certas, mas também já me fez correr atrás de sonhos cor de rosa e lutar contra moinhos de vento, o Simples é o meu Sancho Pança, companheiro das desventuras....
A vida passou a correr, que injustiça foi rápido demais, nem deu para saborear como deve ser, mas sei que a partir de agora será ainda mais a correr, terei que ser eu a desacelerar e concentrar-me mais... serei capaz??
Detesto deixar para trás quem vai ter que ficar... detesto deixar assim o Simple sozinho sem voz e sem papel onde escrever, não te chateies também nunca pretendemos ser pretenciosos... não é amigo?!
Para ti: quando nos encontrarmos por aí na vida eu prometo um sorriso... e vamo-nos encontrar o mundo é demasiado pequeno para tal não acontecer... e quem sabe se não direi:
"Prazer!! eu sou..."

 

E falava eu em desacelarar e concentrar-me mais... de lá para cá existe um "mundo" percorrido, agora aparentemente chegou mesmo a altura de "desacelarar"... será????

Eu acho que é desta....

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub