Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

asimplesvidadejoaorapaz

É o João que é um rapaz que tem uma vida simples.

13
Jul12

eu tenho na mania que sei coisas do ser

asimplesvidadejoaorapaz

há quem diga que é da idade... talvez seja, ou talvez seja de cada um... por vezes os alarmes tocam... e tu nem percebes bem o que é... depois entra a idade ou a experiência ou o conhecimento ou a perspicácia, ou lá o que for, em acção... sempre que algo que mexe contigo acontece, tu tens tendência a achar convictamente que é um marco... um princípio ou um fim, um barreira que se ultrapassa, um obstáculo que se levanta... secalhar não é nada... o tudo é pouco e depois lá vem aquelas pequenas coisas, quase imperceptíveis que, se souberes descodificar, te dão a razão das coisas acontecerem... e ao perceberes isso, faz com que a partir daí é que nada será igual...

 

existe um truque que só resulta mesmo bem quando o pões em prática sem dares conta: tu serás objecto de perturbação de alguém, quando te despires completamente da necessidade de o seres para essa pessoa...

 

como tal eu farto-me de ver pessoas que simplesmente não conseguem mentalizarem-se que virar as costas é riscar da mente, é completamente virar a página e não vale vir atrás reler com a ilusão de mudar e ser diferente...

 

desprendimento... fossemos nós seres de séria capacidade de nos mutarmo-nos, adaptarmo-nos e ir em frente, e tudo seria mais fácil... não acho que nos devemos desvalorizar, mas não podemos ser cheios de nós... é preciso perceber o quanto somos falíveis e frágeis para sermos verdadeiramente fortes e corajosos...

 

depois de estes pensamentos estou em perfeitas condições de escrever um livro de auto ajuda...

 

um grande bem haja para quem por aqui aparecer!!

12
Jul12

pela estrada

asimplesvidadejoaorapaz

tão certas são as nossas certezas que de certas não têm nada...

nossas não!! vossas!!

as minhas certezas são tão certas como agora ser 5 menos um quarto...

ou será um quarto para as 5??

que interessa??

à hora marcada estaria à espera naquela estrada...

assim, parada...

de branco...

pintada...

quem quer...

quem cai...

se noutro lugar estivesse...

correria pelos campos da velha alegria...

 e caíria...

contente...

nova demais para ser demente...

se outro olhar tivesse...

se o outro olhar não perdesse...

quem olha já à muito que se esquece...

quem passa e não olha... já nem se lembra...

e eu???

e eu que passo e que olho e pergunto...

se noutro lugar estivesse?!?!?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D