Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

asimplesvidadejoaorapaz

É o João que é um rapaz que tem uma vida simples.

29
Mar11

a simples forma de complicar!

asimplesvidadejoaorapaz

ponto prévio: na minha vida não se passa nada de extraordinário a não ser que eu queira... logo como se explica o seguinte???

 

sábado à noite sozinho, longe de casa e aborrecido de morte... ligo a um amigo...

- Como é que é amigo??

- olha o desaparecido em combate, já julgava que tinhas morrido...

- eheh sabes como é man...

- ya... casado e pai de filhos... hahahahahaha

- ora bem... como é que é hoje man??? hoje fui dar uma volta e descobri que trabalho a 100 metros do (local x) estava na onda de ir lá pagar-te um copo...

- ai é a 100 metros?!?! é amigo hoje não dá estou em casa a ver a bola e ainda não jantei... vou só ali à rua dos bares beber um copo e venho para casa... ´

- Amigo é na boa!!! Já sabes, quando vieres para estes lados apita que se eu estiver por aqui vamos lá beber uns copos...

- Mas podes mesmo crer que te ligo, aquilo é espectáculo, mesmo o ambiente que nós gostamos, muita classe... mas se fores cuidado que às duas já está cheio!!

- ói hoje nem vou lá... é da maneira que vou-me deitar cedo e descansar... o que não hão-de faltar é noites... vá amigo abraço!!

- Abração amigo!!

 

Ora perante tal situação vou para cama e ligo o pc só naquela de ver as cenas tristes da net... jornais desportivos... mails de trabalho... mails da treta... músicas... e cenas da treta... ligo o facebook nada... passado literalmente 10 segundos recebo uma mensagem da "fulana de tal y" com quem já não faláva há 3 semanas... 

 

fulana de tal y: - onde andas?? vou para o local x na cidade z gostava tanto de te ver...

Fiquei completamente parvo!! a fulana vinha mesmo para perto de mim para o local onde eu estava a pensar em ir e que à 20 minutos tinha passado lá a pé...

Eu: - vais com quem??

fulana de tal y: - duas amigas que não conheces... ;)

Eu: - estou perto... pode ser que me vejas hoje...

fulana de tal y: espero bem que sim!!!

Eu: - a que horas vais???

fulana de tal y: - daqui a quinze minutos!!

 

não disse mais nada... olhei para o relógio 22h40, bom ela disse 15 minutos quer dizer que são 30, ora mulheres a conduzir meia hora de caminho, estacionar entrar e não entrar meia noite!! Bom mais meia horinha deitado e depois vou tomar banho...

 

00h30 saio de casa, são 5 minutos a pé, no caminho sinto-me nervoso... a fulana de tal y nunca me inspirou confiança, digamos que tem picos de loucura demasiado violenta para mim, é verdade que nunca se passou nada entre nós, por muitas e variadas razões sendo as maiores o facto de sermos ambos comprometidos, mas já são dois anos de excessiva sedução, avanços e recuos tão acentuados como inexplicáveis... muito tensão acumulada, mais de pretensos sentimentos e de constante diálogo do que queremos e como queremos fazer do que própriamente tensão   sexual...

 

entro sem problemas e vejo-a logo mas ela não me vê... passo por detrás dela e dirigo-me ao bar... (as amigas são muita giras, uma delas é a rapariga  com quem andava a trocar olhares nos bares da outra terra à dois anos...)

peço a bebida e vou para uma varanda ampla de onde a vejo de costas e ela não me vê a mim, puxo um cigarro, afinal são cinco gajas não três, a moça mais alta que está de frente para a fulana de tal y começa a olhar para mim derivado à minha insistência de tanto olhar para lá... a todo o momento aguardo que ela transmita tal facto à fulano de tal y, coisa que ela não faz... hum... interessante!! Ao observar o grupo não deixo de observar a moça mais alta, é muito fixe... tem um olhar tranquilo e é bonita!!

passados uns minutos fulana de tal y vai buscar bebidas ao bar da ponta... vou atrás dela e fico a 2 metros a fumar... ela continua sem me ver, espero para acabar de fumar e quando ela já tem as bebidas no balcão aproximo-me e digo:

- Vais beber isso tudo?? - ela vira-se e sorri...

- sempre apareceste!!

- sim...

- ainda bem...

- o teu namorado???

- foi fazer uma cena para tal zona do país... tem que ser por isto e por aquilo!!

- acho que ele faz bem, desejo-lhe sorte!!

- espero bem que corra tudo bem está muito dinheiro em jogo!!

- quer dizer que vieste então curtir com as tuas amigas???

- ya elas são muito fixes, anda ter com elas!!

- deves estar a brincar!!!

- vá lá deixa-te disso, quer dizer agora não posso ter amigos e conversar com eles??? - Nisso aparece um gajo ainda mais alto que eu muito bem vestido e cabelo puxado para trás aí para os seus 35 anos. sem disfarçar tenta perceber quem eu sou e o que faço ali... fala com ela conversa de circunstância, pergunta-lhe pelo namorado ela pergunta-lhe pela dele e o gajo vai repetidamente olhando para mim... chego a pensar: (queres ver que este filho da puta vai perguntar quem eu sou!?) mas não... o gajo vai-se embora e a fulana de tal conta-me que o gajo é conhecido do namorado é da outra cidade e é podre de rico, gere os negócios do pai e tal... ela diz:

- vá vamos ter com elas!!

- vai, que eu já lá vou ter vou dar uma volta...

- mas vais mesmo??!!

- vou!!

 

Dou uma volta de nada e passado 3 minutos dirigo-me então ao grupo, a fulana de tal y continua de costas e a moça alta gira começa a olhar para mim meio espantada enquanto avanço para ela(s) ao aproximar-me digo:

- não se assuste que sou amigo da fulana de tal y!!

moça alta: - ai sim??? e de onde??

- Eu: - da aldeia tal!! - a fulana de tal y ri-se e confirma!!

Sou apresentado a todas... aí estou eu à conversa com 5 mulheres especialmente com a moça alta e a fulana de tal y, a rapariga de à dois anos também participa e não se descai... mais tarde confirmamos que nos conhecemos de vista de tais sítios... as outras duas participam menos...

A conversa segue animada, sou um verdadeiro cavalheiro a conversar, rapidamente estabeleço grande empatia com a moça alta... descubro que é apenas dois meses mais velha... percebo que existe ali qualquer coisa, ela é muito fixe e parece que também me acha fixe... a fulana de tal y continua com a sua conversa fluente, eficaz, humor mordaz, extremamente confiante, extremamente sensual, rapidamente identifico a mulher que me tem dado luta ao longo deste tempo todo passado... Duas ou três confidências entre nós, pequenos apartes dos quais somos cumplices:

fulana de tal y: - és mesmo giro!! és um sacana de um cabrão!!

Eu: - tu estás um espectáculo!! tu é que és gira!!

fulana de tal y: - apetece-me beijar-te!!

Eu: - Não podes!!!

fulana de tal y: - não posso aqui...

Eu: Claro!!

fulana de tal y: - apetece-me abraçar-te com força e beijar-te suavemente...

Eu: - era muito fixe...

 

entretanto a conversa continua entre o grupo, a moça alta é altamente falamos de uma forma muito pessoal falamos de duas ou três coisas mais pessoais que não era suposto estar a falar depois de meia hora de conversa... reparo que a rapariga de à dois anos vai dançando olhando e de vez enquando intervindo... sim percebo que ela está a analisar qual o meu papel no meio daquilo tudo... a noite avança e começa a suceder aquilo que eu sabia que ia suceder... a fulana de tal y conforme vai bebendo vai passando de humor mordaz para corrosivo, das tiradas inteligentes para as bocas estúpidas e dois ou três palavrões... outras pessoas começam lentamente a olhar para ela... como uma mulher tão encantadora transforma-se em personagem incomodativa em hora e meia.... aguardavamos a chegada de outras duas amigas uma delas a famosa rapariga jovem loira que todos querem... a moça alta pergunta-me se a conheço:

Eu: - Conheço de vista!!

moça alta: - é muito gira não é???

Eu: - sim... mas não a acho assim tão gira!!

moça alta: - não achas???

Eu: - Ela é engraçada mas eu não vou muito à bola com a tipica mulher inglesa... sério!! Não é tanga!! (e não era tanga mesmo!!)

moça alta: - já percebi que não é só isso conta lá!!

Eu: - Óh és amiga dela...

moça alta: - vá conta, não tenhas problemas...

Eu: - Não é nada de especial, foi só das duas vezes que estive com a ela e a fulana de tal y, ela simplesmente ignorou-me... senti-me mal!! quando um amigo meu me apresenta uma amiga eu faço questão de falar com ela para ela se sentir à vontade e ela fez exactamente o contrário...

moça alta: - Já pensaste que ela pode sentir assim um fraco por ti e a maneira de reagir é ignorar-te???!!!!

Eu: - Por amor de Deus isso era na secundária, não é agora com trinta anos...

moça alta: - nós temos 30 anos ela tem vinte e poucos.... já pensaste nisso??

Eu: - Não! e sinceramente não quero pensar, para mim está tudo bem!!!

 

A rapariga jovem loira que todos querem chega acompanhada de uma tipica moça da região com cabelo curto... falam-se umas às outras... afasto-me ligeiramente, não sou apresentado... e o comportamento da rapariga jovem loira que todos querem mantem-se o esperado...

Para a fulana de tal y era o que faltava para desaparafusar o resto dos parafusos que faltavam... resultado: a moça alta afasta-se e vai-se juntar às outras duas do inicío que estavam já afastadas na companhia da rapariga de à dois anos atrás...

Fico eu com a fulana de tal y a rapariga jovem loira que todos querem e a tipica moça da região de cabelo curto, a fulana de tal y começa a falar dos namorados e desnamorados da rapariga jovem loira que todos querem, ele percebe isso mas não fica chateada... começam ali numa conversa surreal de gajas e eu no meio como se fosse uma delas... e eu só: pois, exacto, realmente... mas estava a achar aquilo delicioso... a certa altura o grupo das normais diz que se quer ir embora e a fulana de tal y tem que ir com elas... já que o carro da rapariga jovem loira que todos querem é apenas de dois lugares... elas entretanto vão para o aniversário da discoteca de renome, que por acaso ainda não disse mas o meu amigo tinha entretanto ligado a dizer que afinal sempre ia lá ao local x e eu disse-lhe que já lá estava com cinco gajas foi um pagode ao telefone... mais tarde voltara-me a ligar a dizer que afinal ia com umas amigas que ele teimava dizer que eu conhecia, mas que eu acho que não faço ideia de quem são, directo para a festa de aniversário da discoteca de renome...

 

fulana de tal y: - foda-se estas gajas não querem ir para a discoteca e eu não posso ir com vocês...

Eu: - vai a pé!! é perto... (no gozo)

fulana de tal y: - eu daqui a pé só contigo para a tua casa!! (a tipica moça da região de cabelo curto parte-se a rir e a rapariga jovem loira que todos querem faz um ar de escândalo, afinal a fulana de tal y namora com um amigo intímo delas as duas)

Eu: - não percebi bem o que disseste... (tinha percebido um pouco mal mas o suficiente...)

típica moça da região de cabelo curto: - foi exactamente isso que ouviste!!!

rapariga jovem loira que todos querem: - Vá toma conta dela e da cadela dela!!! nós vamos embora...

Eu: - Não tomo não!! ela vai com vocês... a cadela dela morde!! (riem-se todas)

rapariga jovem que todos querem: - estás com medo dela??

Eu: - Claro que estou!!

Elas todas: - Ele está com medo!! hahahahha heheheh (uma festa pegada)

 

A rapariga jovem loira que todos querem vem-se despedir de mim como se fosse minha amiga intima de longa data... vá-se lá perceber as mulheres... a tipica moça da região de cabelo curto também se despede de mim... as duas do principio vão-se embora e não se despedem...

a fulana de tal y dá-me dois beijos na cara que eu só a muito custo evitei que fossem na boca... juro!! e com metade do pessoal naquela local amigo do namorado dela... um dos gajos mais famosos destas bandas... a moça alta vem-se despedir de mim, convém dizer que tinhamos estado a falar das nossas profissões... coisa que faço questão de esconder destas gajas... trabalhamos na mesma cidade...

Eu: - gostei muito de falar contigo, desculpa lá qualquer coisa e obrigado por me teres feito companhia...

moça alta - qual quê!!! gostei imenso de falar contigo...

Eu: - depois vamos beber um café..

moça alta: - sim vamos!! já sabes onde eu trabalho... é no edificio tal, fica ao pé de tal e é mesmo por cima de tal, 1º dto... é fácil de encontrar vais ver... ;)

Eu: - Ok... eu encontro!! Fica bem!! (tive pena que se fosse embora... cativou-me... e daí??? não vou a procurar e não vou beber café nenhum... a última coisa que faltava na minha vida é apaixonar-me por alguém!!)

 

a rapariga de hà dois anos vem-se despedir por último... dá para perceber que se guardou para o fim de propósito... ainda se lembra bem de hà dois anos atrás... e não se passou nada!! só grandes olhares e sorrisos sempre que nos cruzavamos nos bares da outra cidade... percebo que ficou ali alguma coisa por descobrirmos... para mim não senti já aquele flirt de outrora... também estava caido pela moça alta... é normal!!!

 

Fico a fumar um último cigarro... vou a pé para casa a pensar naquela puta de noite.... eu já não interessava-me assim por alguém à bem um ano e meio... já tinha deixado de fumar por completo hà uns dois meses... não saia à noite desde Janeiro.... Foda-se que vida... a qualquer momento dou por mim no meio de uma corrente esmagadora, de um turbilhão de coisas tão distantes mas perfeitamente tão conhecidas e tão presentes e minhas... noites, mulheres, copos e cigarros... fujo para casa, e dou graças ao senhor por não se proporcionar e eu não cair em tentação com a fulana de tal y...

 

Acordo pelas onze... vou ao computador... tenho uma mensagem da fulana de tal y às 5 da manhã... chegou a casa e queria conversa...

fulana de tal y: - estás aí???

Eu: - acordei agora!! estás bem??? foi fixe a noite não concordas??

fulana de tal y às 4 da tarde quando acordou: - concordo!! tu sabes mesmo deixar a tua marca nas mulheres, a minha amiga saiu do bar já meio apaixonada por ti!!

Eu: - então?? não sei porquê... só tentei ser simpático com toda a gente!! estás a falar da moça alta?? (claro que eu sabia que ela estava a falar da moça alta...)

fulana de tal y: - sim estou a falar da moça alta, ela é espectacular!! Uma das melhores... (é bom acrescentar aqui que a grande amiga da fulana de tal é a rapariga jovem loira que todos querem, e a fulana de tal y no dia anterior tinha-me confidenciado ainda quando estava sóbria que estava perder confiança na amiga... ainda quis perceber, mas vi que eram merdas de gaja, coisas demasiado è frente para mim, então que agora para ela a moça alta é que era a fixe...)

Eu: - ontem quase que me beijavas na boca com toda a gente a ver... tu és muito perigosa!!!

fulana de tal y: - eu?? não dei nada!!! quando?? só te dei dois beijos na tua cara linda...

Eu: - deste dois beijos metade na cara metade na boca e foi porque eu evitei!!! és muito sacana tu!! Porque é que dizes que a moça alta está meio apaixonada por mim???

fulana de tal y: - ela foi o caminho todo a dizer que és muito fixe e muito giro, e se tu tinhas falado dela... as merdas que nós dizemos quando estamos interessadas. Se elas não estivessem lá tinha te dado um beijo na boca mesmo!! E acredita que quando eu te beijar na boca vais perceber... gostaste da moça alta foi??

Eu: - Vou adorar ser beijado por ti... sim ela parece ser fixe, aliás foram todas porreiras comigo, mas verdade, a moça alta parece ser espectacular!!!

fulana de tal y: - Tenho que te ver esta semana!!!

Eu: - amanhã posso...

fulana de tal y: - amanhã trabalho lindo... não dá na quarta à tarde??

Eu: - Não, deixa fica para uma outra vida!!

fulana de tal y: - Foda-se lá estás tu a tripar com essa merda do fica para outra vida.... (seguiu-se uma série de considerações sobre o que era a vida e só se vivia uma vez e tal...

Eu: - pronto, está bem!! fica para uma outra altura....

fulana de tal y: - assim está bem, assim já gosto de ti outra vez... (e a conversa continuou com as merdas de sempre conversa fiada e pouca acção... mas eu não me queixo, ainda bem que é assim, não me quero meter em merdas outra vez...)

 

Fácilmente descobri o facebook da moça alta... mas não disse nada... pelo nome associei a mais uma coincidência brutal...

 

Segunda à noite vou ter com uma pessoa importante... já sei que a pessoa importante está ligada à moça que tal... subtilmente faço perguntas... não deu por nada... e foi dificil para mim esconder o interesse... não durmo bem essa noite...

 

Dia seguinte bebo uns canecos ao almoço, falo por messenger com uma pessoa extremamente importante do meu passado... de quem tenho imensas saudades e não a quero perder como amiga.... fui extremamente bruto e ordinário e o mais estúpido não foi por ser realmente ordinário mas porque fico frustrado por estar longe e depois disparo com estas merdas como se ela tivesse algum tipo de culpa e eu a tivesse que a magoar... ficou realmente magoada comigo!!! Estou triste... e escrevo esta merda de texto para exorcizar fantasmas....

 

Amanhã de manhã volto para casa e tudo isto se vai esfumar como nada tivesse acontecido.... e eu volto a ser simples e tranquilo e feliz!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D