Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

asimplesvidadejoaorapaz

É o João que é um rapaz que tem uma vida simples.

04
Jan13

CAPTAIN JACK

asimplesvidadejoaorapaz

Temos que enquadrar as coisas... isto no antigamente era escasso de gadjets, telemóveis e internets e até tv por cabo e essas coisas... isto das revistas Playboy e Penthouse assim à mão de semear era escasso... não quer dizer que eramos uns atados, tinhamos a cena do Tutifruti italiano ou o que era, que dava nos inícios da SIC... e mais do que ver mamas e tal, era sempre aquela cena de nunca sabermos até onde ia a gaja do último strip... cenas da vida... tempos em que os curtimansos eram bem mais tranquilos e ingénuos... cenas... ora na escola havia troca de artigos e experiências com o pessoal, uns sabiam de umas coisas outros de outras... nem tudo era sexo, mas quase tudo já apontava para lá... então uns anos mais tarde, quando chegou a nossa vez de dominarmos a escola e sermos os maiores da nossa "aldeia", parávamos muito no bar da escola, ora a fazer parvoíces ora a dedicar-nos ao ping pong ou ao snooker ou a ver a gajinhas irem ao balcão do bar e a apreciar o material... tinhamos na altura TV por satélite que estava quase sempre no VIVA canal de música Alemão... foi então que apareceu o CAPTAIN JACK e as suas militares em calções e tshits da tropa e todas molhadas e com as mamocas a dar a dar... parava tudo a ver o Captain Jack... um gajo queria lá saber da música ou das lições de snooker que eu dava à borla... (a propósito eu no snooker sou um campeão como aliás em quase tudo, até tenho um colega que tem uma brincadeira comigo a propósito da minha espectaculariedade do ser, ele pergunta-me: "Opá, tu és campeão em quase tudo, ou quase campeão em tudo?" e eu respondo: "Sou quase campeão em quase tudo!) Até a gaja que cantava marchava... longe estava eu na altura de imaginar que a gaja era Portuguesa emigrada na Alemanhã... e hoje em dia ainda estava eu mais longe de imaginar que é a mesma gaja que tem nos dias de hoje o projecto "Hotel Bossa Nova" que eu até curto... está mais velha é verdade, mas ela que passe por mim vestida de camuflado a ver volta que leva....

 

http://www.youtube.com/watch?v=boNRVXR7bqg

 

http://www.youtube.com/watch?v=wgkYKJHVelA

 

http://www.youtube.com/watch?v=9VjHXSSPZ3w

4 comentários

  • Pois eu, sem querer manchar a minha imagem de pimbalhão, também ouvia muitas outras coisas... aliás ouvir ouvir nunca ouvi o Captain Jack apenas recordei aquele altura, mesmo a forma como viamos a música e os videos eram no pagode... a própria dance music perdeu qualidade no desenrolar dos anos 90, e só começou a melhorar e a ganhar expressão novamente mundial e global, lá para os fins dos anos 90... sendo que hoje existem verdadeiros mestres do dance ou house music... também havendo muita merda comercial...
  • Sem imagem de perfil

    Mallory Knox 10.01.2013

    Eu percebi que a música não era o que te captava a atenção mas, lá está o quanto os gostos musicais dizem sobre uma pessoa, eu gosto de outro tipo de música e também gosto de outro tipo de mulher, o tipo de mulheres que fazem o meu tipo de música...
    Eu sempre gostei de mulheres com atitude! Se pegasses na Emmanuelle Seigner e na Drew Barrymore naquela fase que eu referi e as colocasses nesse vídeo, eu não ia ligar nenhuma porque o que me fascina nelas é a atitude delas nesses filmes...
    Esse tipo de música tem gajas boas a dançar sob as ordens de um capitão qualquer, típico desse tipo de música. Nem tenho nada contra, apenas não exerce qualquer tipo de efeito em mim...
    Por incrível que te possa parecer, o efeito que tu sentias com esses vídeos, eu sentia e continuo a sentir sempre que vejo vídeos como este: http://www.youtube.com/watch?v=STxXS5lLunE
    Tem atitude e tem-na a tocar guitarra que é a coisa mais sexy deste mundo, não precisa de ter um corpo cheio de curvas nem de andar meia nua para ser sexy e aquele olhar de superioridade que ela faz <3
    Já nem vou entrar pela letra porque ela tem letras muito mais à frente e depois qualquer pessoa que conheça a carreira dela lembra-se da "Rid Of Me" e da "Henry Lee" e sabe que ela é daquele tipo de mulher perigosa com a qual é melhor não andar a brincar :D Toda a letra da "Rid Of Me" mas a maneira como ela acaba essa música a gritar "I'm gonna twist your head off, see/ Till you say Don't you wish you never met her" é lindoooooo! A mulher é assim fragilzinha e simpática mas é louca e perigosa e eu adoro mulheres assim!
    Ela agora anda muito soft, a fazer música alternativa e a tocar piano mas é a minha segunda deusa e este vídeo é uma das coisas mais sexys que eu já vi! Continua a exercer os mesmos efeitos em mim que exercia quando eu o vi pela primeira vez e olha que eu já o vi milhares de vezes durante anos...
    A música revela muito mais sobre uma pessoa do que apenas gostos musicais :)
    E o meu comentário não era uma crítica, apenas a constatação de que nós somos bastante diferentes e que, mesmo quando eu era bem comportada, sempre tive uma queda para mulheres com atitude, loucas e que podem ser perigosas se lhes derem motivos para isso :)
    Gajas boas há em todos os lados, a minha Polly Jean é única <3
    E só o pessoal que gosta deste tipo de música é que gosta de mulheres como ela mas também há pessoal que gosta deste tipo de música que gosta das gajas do vídeo do Captain Jack... Eu sempre tive gostos fora do normal a todos os níveis, sempre estive nas minorias :)
  • No fundo no fundo apenas quis mostrar a cumplicidade, ou a tentativa de cumplicidade entre miúdos de 16 anos... gajas boas na TV, nós gostamos de gajas boas, bora todos juntos reclamar a nossa quota parte de machos... eram boas e nós gostávamos... provávelmente algum deles nem gostava verdadeiramente de gajas... idolatrar gajas socialmente... a atitude, as loucuras, os comportamentos, e outras coisas mais que nos fazem pender ou gostar ou sentir atracção por... são coisas completamente diferentes... nós não somos completamente diferentes, os enquadramentos é que são... eu nunca disse o que me atrai numa mulher, pelo menos aqui, nu e cru... e até prefiro nem pensar nisso... porque não tenho que perceber todos os meus impulsos e sensações e sentimentos... por vezes gosto de me mostrar e saber que fui e sou um ser básico... mas até que ponto?? mas quanto básico?? mas que grau de "basicidade" me fará ou esconderá algo diferente... pois não sabemos, até porque eu sou básico... e depois, e muito importante, por aquilo que me deste a conhecer, como é que perceberias o conceito da carne pela carne, quando mulher e enquanto mulher procuras a essência... por vezes ser básico tem as suas vantagens... :)
    Eu não te queria chatear, mas nós sendo completamente opostos, somos até bem parecidos...
    Obrigado por me enriqueceres o blog, e obrigado por me enriqueceres...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub